Nuvem híbrida: o que é e por que devo adotar em minha empresa Postado por: AMTI - 10/07/18


De acordo com o instituto de pesquisa IDC, a constituição de data center dentro das empresas está diminuindo devido a investimentos expressivos em computação em nuvem. Estima-se que até 2020 o aumento com a adoção de nuvem pública e privada será de 13,9%, enquanto os investimentos com data center reduzirão a menos de 50% do orçamento das empresas – gastos com nuvem ultrapassarão os gastos em infraestrutura de TI.

Pensando nisso, trazemos até você um artigo bem detalhado sobre a nuvem híbrida. Continue lendo para entender o que é e como funciona esse modelo de nuvem!

O que é nuvem híbrida, afinal?

glossário de TI do Gartner sintetiza o que é nuvem híbrida da seguinte forma: um serviço coordenado com base em políticas e aprovisionamento, utilização e gestão por meio de uma mistura de serviços em nuvem internos e externos.

Nós podemos ir além. A nuvem híbrida é um dos três modelos de nuvem existentes, sendo, como o próprio nome diz, um híbrido da nuvem pública com a privada. Ou seja, é a prática de ter uma infraestrutura interna, num modelo de nuvem particular, e, ao mesmo tempo, contar com os serviços da nuvem pública.

É válido lembrar que as nuvens públicas são aquelas fornecidas pelos provedores de serviços de cloud. Elas são compartilhadas entre diversas organizações, cada qual detendo seu nível de acesso e gerenciamento de dados.

Já as nuvens privadas são aquelas criadas para servir apenas uma empresa; montadas para atender as diversas filiais, elas podem ser totalmente internas ou fornecidas por um provedor, com exclusividade.

Uma nuvem híbrida é, geralmente, adotada por empresas que já possuem uma infraestrutura de TI interna considerada excelente ou razoável, mas que não querem se desfazer dos recursos disponíveis.

Há também casos em que os empresários ou a equipe de tecnologia não se sentem totalmente confortáveis para uma migração total para a nuvem pública, especialmente aquelas que lidam com dados considerados muito sensíveis ou sigilosos.

Quais são os benefícios da nuvem híbrida?

Aqui estão, em detalhes, os principais benefícios que uma empresa pode obter ao adotar a nuvem híbrida:

 A nuvem híbrida é um passo gradual para a computação em nuvem

Para as empresas que ainda vivem o dilema de adotar ou não a computação em nuvem, a criação de um ambiente híbrido é a melhor escolha. Elas podem encontrar riscos ao mover toda sua infra para a nuvem, portanto começar com o modelo híbrido lhes deixará muito mais confortáveis e seguras (especialmente sob o ponto de vista cultural).

Dessa forma, ao mesmo tempo em que exploram seus servidores dedicados, podem aproveitar a virtualização para obter recursos novos de tecnologia.

A nuvem híbrida oferece o melhor dos modelos público e privado

Ao fundir as qualidades de nuvem privada e pública, as empresas podem aproveitar o melhor dos dois mundos. Elas podem adotar nuvem e modernizar suas infraestruturas sem deixar de utilizar o que já foi adquirido ao longo dos anos.

Dessa forma, podem decidir quais dados e aplicativos podem ser movidos para a nuvem e o que continuará rodando e sendo processado na infra interna.

A nuvem híbrida reduz o custo total de propriedade (TCO)

O modelo híbrido reduz significativamente o custo total de propriedade, o TCO (todo o investimento feito em soluções e equipamentos de TI). Veja como:

- Com a nuvem híbrida, não é preciso concentrar esforços em requisitos de infraestrutura pesada;

- Com a prática do pay-per-use (pague somente pelo que utilizar) da nuvem pública, a empresa passa a ter total controle sobre o que vai gastar mensalmente com a TI;

- Boa parte dos recursos de TI deixa de ser custo fixo e passa a ser variável, portanto pode ser economizada.

A nuvem híbrida é excelente para a gestão de riscos

A solução híbrida oferece a oportunidade perfeita para as empresas testarem a capacidade de determinadas cargas de trabalho. Em outras palavras, em vez de fazer testes na infra interna, pode-se utilizar plataformas na nuvem e, só depois, com as devidas conclusões, implementar os processos de forma definitiva.

A nuvem híbrida proporciona escalabilidade com custos controlados e segurança da informação

Escalar a infraestrutura de TI pode ser extremamente caro, especialmente em empresas em crescimento. No entanto, um ambiente de nuvem híbrida pode proporcionar a oportunidade de dimensionar recursos com baixo custo e sem necessidade de longos períodos de implementação (que geralmente prejudicam a operação).

As regras de execução de automação na nuvem proporcionam a capacidade de aumentar ou diminuir os recursos conforme as demandas do negócio mudarem.

Um sistema de nuvem híbrida permite muito mais controle em design e arquitetura e maior nível de segurança de dados do que as soluções de nuvem pública. Assim, o que não é tão crítico pode ser enviado para o ambiente público, abrindo espaço no centro de dados interno.

Conclusão

Serviços de nuvem híbrida são pacotes completos de ferramentas de automação de negócios com o intuito final de equilíbrio entre on e off premises. E, também por todos os benefícios aqui listados, muitos especialistas acreditam que esse modelo é o futuro da computação em nuvem.

A flexibilidade que a nuvem híbrida fornece, muito provavelmente, é capaz de atender às necessidades dos mais variados tipos de empresas. No entanto, é importante entender cada variável crítica do negócio antes de optar por qualquer um dos modelos de nuvem — o que não é diferente com a nuvem híbrida.

É aconselhável que seja feita uma avaliação profunda nas necessidades e nos anseios corporativos. A ajuda de uma consultoria especializada pode ser muito útil, especialmente se a empresa ainda não tem nenhuma relação com a computação em nuvem.

Você está avaliando a adoção da nuvem híbrida? Entre em contato conosco e veja como podemos ajudá-lo!



Comentários