Nuvem da Amazon fora do ar. Quanto maior, maior o tombo. Postado por: AMTI - 01/03/17


Há pouco mais de seis meses houve um colapso em um datacenter da Amazon na Austrália – minimizado por não ser um datacenter central da empresa. Podemos dizer que, se você não for australiano e não tiver aplicações na Amazon Austrália, não houve problema. Recomendo discutir isso com uma empresa australiana cliente deles. Ontem (28/02) houve um apagão nos Estados Unidos. Como podemos chamar isso?

Por mais de 4 horas, em horário comercial, o principal datacenter do Amazon (US-1-West) esteve fora do ar deixando milhões de pessoas órfãs de suas aplicações e impactando TODO o sistema de armazenamento de dados distribuídos da companhia. A Amazon hospeda estruturas importantes como Netflix, Spotify, Pinterest, entre outros.

O apagão foi tão forte que os próprios sistemas de status e monitoramento da infraestrutura – aos quais todos os clientes são direcionados – ficou fora do ar. Literalmente, dezenas de milhares de clientes ficaram no escuro.

O Gartner prevê que até 2020 menos de 30% dos chamados de suporte terão intervenção humana. O Amazon já é uma empresa que emprega sistemas de suporte sem interação pessoal e veja, esses sistemas ficaram inoperantes.

Pensem que, digo novamente, dezenas de milhares de clientes tiveram TODOS seus sistemas inoperantes por mais de 4 horas em horário comercial e sequer conseguiam verificar o status dos servidores e serem atendidos por uma pessoa que lhe passassem qualquer posição.

Falando em computação empresarial, imaginem para um CIO/Gerente de TI/Infraestrutura justificar à sua gestão e operação da empresa que houve um apagão e que não consegue falar com ninguém do fornecedor – nem sequer para contar uma história.

A análise de riscos da nuvem feita pela AMTI antevê situações como essa. Independente do desafio de utilizar a computação na nuvem como estratégia de negócio (e, pelo fato de nominalmente, ela apresentar melhores índices de disponibilidade do que a computação tradicional), é vital possuir um parceiro transparente com qualidade de atendimento. Um parceiro que saiba lhe responder com clareza e presteza nas situações adversas e que, realmente, empregue energia e empenho pessoal para auxiliar a resolver os SEUS problemas.

A AMTI provê experiências de computação na nuvem privada, híbrida e pública. Conosco, você pode contar com suporte pessoal 24x7 para sua operação. E nos outros? A menos que seja uma Netflix ou Spotify, contente-se com um painel de status e atualizações sobre seus problemas feitas pelo Twitter para milhões de seguidores.



Comentários